Recentemente o Congresso Nacional sancionou uma lei que institui o mês de agosto como o mês do aleitamento materno, o Agosto Dourado.

Esse mês especial foi criado com o intuito de promover todos os benefícios que o aleitamento materno traz tanto para a mãe e para o bebê, e que estes benefícios perduram até a vida adulta da criança. Além disso o ato também traz benefícios para a sociedade, como a redução da mortalidade e da desigualdade social.

Quer saber mais sobre os benefícios da amamentação? Confira abaixo:

1. Contribui para a proteção imunológica

A amamentação contribui para a formação do sistema imunológico do bebê, podendo prevenir obesidade e alergias.

2. Promove sensação de bem-estar e emagrecimento

O ato de amamentar dá às mães a sensação de bem-estar, segurança, confiança e de realização. Além disso, ajuda a mulher a voltar ao peso que tinha antes da gestação.

3. Contribui para o planejamento familiar

Nos seis primeiros meses de vida, a amamentação libera a prolactina e inibe a ovulação. Sendo assim, a amamentação pode diminuir as chances de uma nova gestação.

4. Simplifica a rotina

O leite materno é natural, gratuito, não desperdiça recursos naturais e está sempre à temperatura ideal, pronto para servir.

5. Promove o desenvolvimento

A amamentação promove o bom desenvolvimento cognitivo, mandibular, das estruturas da fala e da dentição do bebê.

6. Diminui o stress

O estresse pode influenciar na produção do leite. Sendo assim, a amamentação tem um papel importante no sistema nervoso da mãe, diminuindo o estresse.

7. Evita cólicas

As proteínas presentes na composição do leite materno é uma das grandes razões para prevenção das cólicas no bebê.

8. Estimula o vínculo materno

O ato de amamentar vai além de alimentar o bebê. O contato com a pele, o cheiro e o olhar reforça a ligação emocional entre o bebê e a mãe.